Escolas públicas podem ser obrigadas a exibir os resultados do Ideb

04 Dezembro 2018
Autor :  
O Ideb mede a qualidade do aprendizado e é usado para definir metas para a melhoria do ensino Foto: Suami Dias/GOVBA

Escolas públicas de ensino fundamental e médio poderão exibir obrigatoriamente em local visível os resultados alcançados no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O Projeto de Lei do Senado (PLS) 194/2016, com esse objetivo, está na pauta de votação desta terça-feira (4) da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE).


Pelo texto, do ex-senador Douglas Cintra (PE), os resultados devem ser afixados na entrada principal da escola, em uma placa de, no mínimo, meio metro quadrado. O índice mede a qualidade do aprendizado e é usado para definir metas para a melhoria do ensino. A proposta também prevê que sejam informados os índices médios do estado e do município onde a escola está localizada.

Segundo o autor, o monitoramento e o acompanhamento dos resultados do índice em cada escola, bem como a competitividade decorrente da publicidade dos números, contribuirão para a qualidade do ensino e comprometimento dos profissionais e dos alunos. A matéria recebeu voto favorável do relator, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG). Para ele, a divulgação dos resultados pode incentivar a disseminação de boas práticas entre as escolas.
Feira de ciências

A comissão votará ainda outros projetos relacionado à educação. Um deles é o PLS 360/2017, que estabelece que a União terá a responsabilidade de promover feiras de ciência e tecnologia em escolas públicas de ensino médio, em parceria com os estados, o Distrito Federal e os municípios. A proposta é autoria da senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE).

O relator do projeto na CE, senador Cristovam Buarque (PPS-DF), foi favorável. Ele defende que é preciso dinamizar o ensino de ciências no Brasil e aproveitar os espaços didático-pedagógicos para desenvolver nos estudantes não somente o gosto pelo método científico, mas também competências fundamentais para o trabalho, ligadas à inovação e ao senso crítico.
Literatura de cordel

A pauta inclui o PLS 136/2018, que determina a literatura de cordel como tema obrigatório do currículo da educação básica. Da senadora Regina Sousa (PT-PI), a proposta determina que sejam acrescentados no currículo o repente e demais cantos de improviso característicos da cultura brasileira.
Museus

Já no âmbito do ensino superior, a CE poderá votar projeto que estabelece entrada gratuita em museus para estudantes de artes, museologia, arquitetura, audiovisual, música, design e moda (PLS 49/2014). A proposta, da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), recebeu voto favorável do relator, senador Hélio José (Pros-DF).

A CE se reúne a partir das 11h30, na sala 15 da Ala Alexandre Costa, no Anexo 2 do Senado.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)
 

  • Social network:
daRedação Sorocabanews

"As matérias desta editoria são de responsabilidade da nossa equipe. Toda apuração dos fatos e das respectivas fontes é atividade jornalística. Reportagens de Sorocaba e região podem ser pautadas pela comunidade. Serão submetidos ao critério editorial do Sorocabanews."

Deixe o seu comentário

Calhau 02 SNEWS - Horizontal

 

O SorocabaNews é um espaço interativo. Aqui o cidadão exerce o seu poder de informar e ser informado através das mensagens, fotos e vídeos produzidos em Sorocaba e região.

Nosso objetivo é dar voz à comunidade, manter registros do cotidiano e incentivar a formação de novos formadores de opinião.

  • Endereço

    Rua Santiago, 255B Sobreloja Jardim América, Sorocaba - SP

  • Email

    This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
    This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

  • Fone/Whats

    + 55 15 3418-1343 
    + 55 15 8888-8888

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree