CRE pede que governo reveja desistência do Brasil de sediar a COP-25

03 Dezembro 2018
Autor :  
Foto Geraldo MagelaAgência Senado

A desistência do Brasil de sediar a COP-25 não foi bem recebida pelos integrantes da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE). Requerimento que pede a revisão da decisão do governo foi aprovado nesta quarta-feira (28) pela CRE. A candidatura brasileira seria submetida à votação durante a COP-24, prevista para começar já no próximo domingo em Katowice, na Polônia

Além dos senadores Cristovam Buarque (PPS-DF) e Jorge Viana (PT-AC), autores do requerimento, o presidente da CRE, senador Fernando Collor (PTC-AL), criticou duramente a decisão do governo, anunciada no dia anterior. Ele afirmou que a alegação apresentada pelo governo, de não haver verbas para a realização do evento, é "conversa para boi dormir".

— O governo precisa rever seu posicionamento o mais breve possível. O Brasil está abdicando de exercer seu soft power, um dos instrumentos mais úteis da nossa diplomacia e para nossa afirmação internacional. Renunciar a esta candidatura não condiz com a estatura que atingimos no debate mundial relacionado às mudanças climáticas. Estamos na contra-mão do movimento da comunidade das nações, e o mais preocupante é que este pode ser o primeiro passo para retirar o Brasil do Acordo de Paris. É algo dramático — criticou o senador.
Vantagem econômica



Jorge Viana reiterou que a proposta orçamentária de 2019 já prevê a destinação das verbas correspondentes à organização do evento, com a maior parte dos recursos advindo de dinheiro já existente no Fundo Clima, gerido pelo BNDES. Para ele, realizar a COP-25 pode até ser economicamente vantajoso, pois durante duas semanas o país será visitado por milhares de participantes, grupos sociais e jornalistas interessados em cobrir o evento.

Cristovam também avalia que o Brasil está "virando as costas para o mundo", e credita parte da decisão ao futuro governo Bolsonaro.

— O mundo sabe que esta renúncia do Brasil não está ligado a questões orçamentárias. O impacto no Orçamento para realizar a COP-25 seria ínfimo. O presidente eleito [Jair Bolsonaro] aponta em seu discurso o desprezo pela ecologia, e uma aliança radical com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O mesmo que afirma que o mundo não passa por crise climática, discordando da comunidade científica de seu próprio país, só para ficar num exemplo. O que vai parecer é que esta não é uma decisão do governo Temer, mas de Bolsonaro, virando as costas para o mundo e se abraçando a Trump — disse Cristovam.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

  • Social network:
daRedação Sorocabanews

"As matérias desta editoria são de responsabilidade da nossa equipe. Toda apuração dos fatos e das respectivas fontes é atividade jornalística. Reportagens de Sorocaba e região podem ser pautadas pela comunidade. Serão submetidos ao critério editorial do Sorocabanews."

Deixe o seu comentário

Calhau 02 SNEWS - Horizontal

 

O SorocabaNews é um espaço interativo. Aqui o cidadão exerce o seu poder de informar e ser informado através das mensagens, fotos e vídeos produzidos em Sorocaba e região.

Nosso objetivo é dar voz à comunidade, manter registros do cotidiano e incentivar a formação de novos formadores de opinião.

  • Endereço

    Rua Santiago, 255B Sobreloja Jardim América, Sorocaba - SP

  • Email

    This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
    This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

  • Fone/Whats

    + 55 15 3418-1343 
    + 55 15 8888-8888

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree